quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Oxímetro.

Este mundo está muito previsível. Situações tão repetitivas. As pessoas vão, vêm, entram, saem, as portas batem, os amantes saltam dos armários.

7 comentários:

  1. E os/as esposos, entram na cama já quente e dormem o sono dos justos :))



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, noname. Não há dor que o sono não consiga vencer.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Teresa, o que quer dizer com isso? :)

      Eliminar
    2. Puxar a água, deixar ir, canalização baixo; ou então pôr a soro e oxigénio, mas não deve dar...

      Eliminar
  3. All that is, was and shall be again!

    Não há nada novo debaixo do sol...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. Lembra-te quer és pó e que ao pó hás-de voltar. :)

      Eliminar