quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Moção de censura

Aos escribas que nas suas mãos direitas seguram as penas, e nas esquerdas os canivetes. Trabalham em silêncio e, por vezes, o único som que se ouve é o da sua respiração inconstante e o arranhar das penas no velino. Apesar da sua aparente elevação, a luz é ténue.

3 comentários: