terça-feira, 14 de novembro de 2017

1951

 

O ano em que, muito possivelmente, Marlon Brando apalpou o rabo a Vivien Leigh nos bastidores de "Uma rua chamada pecado".

25 comentários:

  1. Pena que o pai dessa moça já não deve encontrar-se vivo.

    ResponderEliminar
  2. Assédios à parte, também pode ter sido o inverso ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho para mim que o Sr. Impontual é um tipo um nadinha machista e não conhecerá o percurso inverso. :)

      Eliminar
    2. NUT,está a perguntar: e se o Impontual fosse uma mulher?

      Eliminar
    3. Perfeitamente, Anouk, perfeitamente.

      Eliminar
    4. Estou a perguntar exactamente isso. Quer que repita?
      E se o Sr. Impontual fosse uma mulher? :))

      Eliminar
  3. http://www.huffingtonpost.fr/2017/09/22/cette-campagne-contre-les-agressions-sexuelles-montre-labsurdite-des-justifications-des-agresseurs_a_23219625/
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))
      Quase tão absurdo como os agredidos a queixarem-se volvidos 20 anos.

      Eliminar
  4. Boa tarde. Teve bom gosto, kkkk
    Gostei deste cantinho.

    Vou ficar e levar-te comigo

    Bjos
    Boa Terça-Feira- https://brincandocomaspalavrass.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Só venho dizer que o título do filme era "Um eléctrico chamado desejo"...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como queira, Janita. A ideia continua na rua. :)

      Eliminar
  6. Segundo fofocas Vivien era mais de apalpar...
    :)

    ResponderEliminar
  7. E ficou tudo bem, não foi?
    Impontual, agora há muitos (episódios ou séries, é o que quero dizer) que não ficam bem porque se zangam as comadres.
    Resto de tarde boa!

    ResponderEliminar
  8. Aaaahh! Mas aí é que reside o cerne da questão, ser apalpada por um monumento como o Marlon Brando não se pode considerar assédio, será antes um privilégio! Já outros como o Harvey é toda uma outra história... bem rentável, ao que parece ;)))

    ResponderEliminar
  9. tinha bom gosto, se tivesse apalpado.
    eu também teria.

    ResponderEliminar
  10. Até apetece cair no pecado de dizer que a tradição já não é o que era... dantes tinham melhor gosto (entre outras coisas, e sim, também poderá ter sido ao contrário, ou vice-versa)
    ;))

    ResponderEliminar