segunda-feira, 17 de julho de 2017

Toda a gente sabe que isto dos blogs é coisa de Inverno...

Um fim de tarde de um calor absolutamente inconcebível, as ondas verdes e espumosas num vai e vem enrolado, repetido, certeiro e demolidor, golpeiam as areias implacavelmente. Constança longe de tudo, incluindo de si mesma, escreve sobre o areal fino e dourado uma e outra vez uma só palavra, um mesmo nome, que as ondas se encarregam de apagar, ou se quisermos de limpar, repetidamente. Será uma questão de tempo para se saber quem ganhará esta batalha interminável, pensava. A luta não é desigual: as ondas são eternas, as palavras também, retorquía para dentro.

11 comentários:

  1. Ah...o que eu dava para saber o nome que a Constança repetidamente, escrevia na areia...O Impontual, chegou a ver bem?
    As palavras e as ondas serão eternas, mas...e a Constança? A sua paciência será eterna?

    Bem, já que isto dos blogs é coisa de Inverno, deveria responder aos comentários, agora, pela fresquinha do (quase)crepúsculo.

    Continuação de boas férias.
    Gente sortuda...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita, as ondas são lancinantes sobre a areia saibrosa. A paciência é uma fortaleza, mas não é eterna. As palavras às vezes são.

      As minhas desculpas por às vezes não responder aos comentários, mas sabe que no Verão a gente vai até lá fora e depois, por vezes,quando volta é tarde.

      Grato pela sua sempre simpática a atenciosa visita.

      Um abraço, se me permite, claro.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Perfeitamente. É como fazer rascunhos. Isso já vem dos tempos de escola.

      Boa noite.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. ...então a primavera não estará distante.

      Eliminar
    2. Não me roubem o outono....

      Eliminar
  4. lembro-me de escrever um nome num papel, pousar os dedos nas letras por um instante e voltar a escrevê-lo depois, num outro papel. o mar sempre ficou distante de mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Alaska! Nuvem grávida, primeiras chuvas de Verão.
      Deixe-me partilhar de todas as suas felicidades. Quer que a leve a casa?

      Um abraço delicado. :)

      Eliminar
    2. sabe que não me importo, I. gosto da sua companhia. :)

      obrigada, I. pelo carinho. :)

      Eliminar
  5. aqui e ainda bem também no Verão :)

    ResponderEliminar